Categoria : Snapchat

Home/Arquivos por Categoria Snapchat

Jovens assistem mais YouTube do que TV nos EUA

Apesar da virada da plataforma do Google, Netflix é o serviço de vídeo preferido dos jovens do país

Uma pesquisa do banco de investimento norte-americano Piper Jaffray apontou que pela primeira vez a porcentagem de jovens dos Estados Unidos que assistem diariamente ao YouTube ultrapassou a mesma porcentagem para TV a cabo.

Apesar da virada, o YouTube permanece no segundo lugar entre as plataformas de vídeo preferidas dos entrevistados. O campeão Netflix é assistido diariamente por 37% dos jovens.

A metodologia da pesquisa, no entanto, não considera o tempo que os jovens permanecem assistindo cada uma dessas telas. Segundo dados do YouTube publicados em matéria do Meio & Mensagem, o brasileiro assiste em média 8,1 horas semanais de conteúdo na plataforma, enquanto passa cerca 21,9 horas por semana em frente à TV tradicional.

Nas redes sociais, o Snapchat liderou a pesquisa da Piper Jaffray: 37% dos jovens acessam a rede diariamente. Em seguida vem o Instagram, enquanto Twitter e Facebook empatam na terceira posição.

Além da mídia digital, a pesquisa do Piper Jaffray também aponta comportamentos e hábitos de consumo do jovem dos Estados Unidos em segmentos como moda, alimentação e games.

Fonte: Meio & Mensagem

Snapchat muda de nome e lança óculos ‘fashion’ que faz fotos e vídeos

Produto começa a ser vendido até o final do ano e vai custar US$ 130

O Snapchat anunciou na sexta-feira,24, no final da noite uma mudança importante na estratégia. A empresa passou a se chamar apenas Snap, apesar de ter mantido o nome do aplicativo, que é sucesso entre os jovens, como Snapchat. A companhia também lançou seu primeiro produto de hardware: um óculos com jeitão fashion que tem uma câmera para fotografar e gravar vídeos curtos, de dez segundos.

Chamado de Snapchat Spectacles, os óculos em nada se parecem com o Glass, óculos inteligente do Google. Ele parece com um óculos de sol, mas é equipado com uma câmera simples acionada por meio de um pequeno botão na lateral. Cada vez que o usuário toca no botão, ele começa a gravar um vídeo de 10 segundos. É possível estender o vídeo duas vezes – ou seja, a gravação máxima terá cerca de 30 segundos.

Os vídeos gravados com a câmera possuem uma gravação circular com ajuda de uma lente cujo ângulo é de 115º, tentando imitar a visão humana. Apesar de serem gravados em formato circular, os vídeos serão “corrigidos” pelo aplicativo quando forem postados, para serem visualizados da melhor forma no smartphone dos outros usuários. A bateria dura cerca de um dia, e o aparelho) pode ser carregado através de cabo USB, bem como por sua caixinha (que carrega os óculos por meio de indução).

Os óculos podem ser sincronizados com o smartphone, o que permite compartilhar o conteúdo por meio do aplicativo com auxílio de uma conexão Wi-Fi – usuários de iOS também poderão enviar seus vídeos para o celular através de uma conexão Bluetooth. Os óculos serão lançado em três cores até o final do ano, mas as unidades serão limitadas. O aparelho será vendido ao preço de US$ 130.

Nova fase. “Quando nós começamos, fazia sentido chamar nossa empresa de Snapchat, pois só tínhamos o aplicativo”, disse o fundador e presidente executivo do Snapchat, ao jornal norte-americano The Wall Street Journal. “Agora que nós estamos desenvolvendo outros produtos, precisamos de um nome que vá além do aplicativo.”

A mudança representa uma nova fase para a companhia, que foi fundada em 2011 por Spiegel em seu dormitório na Universidade de Stanford, onde cursava design de produtos. No ano seguinte, ele deixou o curso para se dedicar ao Snapchat, tamanho o sucesso do aplicativo, em especial entre os usuários de internet mais jovens. Desde então, o aplicativo cresceu e passou o Twitter em número de usuários: atualmente, mais de 150 milhões de pessoas usam o app todos os dias no mundo.

Os Spectacles não são o primeiro produto além do aplicativo produzido pelo Snapchat, que também possui formas de gelo, mochilas e até almofadas especiais com o formato de seu “fantasminha-símbolo”. No entanto, é o primeiro aparelho cujo uso está diretamente relacionado ao aplicativo que tornou a agora Snap Inc. famosa.

Fonte: Estadão

Leia Mais